Junho 19, 2024
Destaques Cultura França Portugal

Carrinha com filmes portugueses a caminho do festival de Annecy

O estúdio de animação Amarela Mecânica começou na segunda-feira uma viagem numa carrinha, que é um cinema ambulante, com destino ao Festival de Cinema de Animação de Annecy, em França, no qual Portugal é o país convidado.

“A ideia foi juntar três autores e propor uma jornada cinemática que pudesse refletir sobre o estado do cinema de animação em Portugal, tendo em conta este momento em que será alvo de especial atenção no festival de Annecy”, explicou o produtor Nuno Oliveira à agência Lusa.

Nuno Oliveira, Paulo D’Alva e António Pinto, da produtora Amarela Mecânica, sediada em Braga, desenvolveram o “ANIMA VAN”, um projeto de cinema itinerante numa carrinha, destinado a promover e a divulgar cinema de animação, em particular para escolas.

É com este projeto, com uma proposta de exibição pública, ao ar livre, de 101 filmes portugueses, que os três autores estão a caminho de Annecy – o festival começa no dia 09 -, percorrendo até lá localidades em Portugal, Espanha e outras localidades de França.

“Fazemo-lo recorrendo a uma metáfora literalmente da imagem em movimento neste veículo híbrido, camaleónico”, que tem incorporada uma tela para a projeção de cinema, disse Nuno Oliveira.

Depois de Avanca e Viseu, a carrinha vai estar hoje em Pinhel (Guarda), seguindo depois para San Sebastian e Valladolid (Espanha), entrando em França no final da semana, com paragem em Bordéus e em Lyon, antes de estacionar em Annecy, onde o festival termina no dia 15.

As 101 curtas-metragens portuguesas escolhidas são de profissionais e de estudantes de animação, criando uma “paleta o mais diverso possível para divulgar o que tem vindo a ser feito no país”.

“Achamos que é uma boa provocação: Estamos a dar espaço a muitas das obras que eventualmente não tenham encontrado espaço na curadoria da delegação portuguesa que vai estar presente” em Annecy, afirmou Nuno Oliveira.

Em Annecy, onde são esperadas milhares de pessoas, a “ANIMA VAN” vai esta em espaços públicos, para exibição das curtas-metragens e para conversas com quem parar para assistir.

Durante esta iniciativa, que contou com 9.000 euros de apoio financeiro do Instituto do Cinema e Audiovisual, os três autores vão produzir ainda uma curta-metragem que combinará animação e imagem real.

O festival de Annecy, o mais relevante a nível mundial para o cinema de animação, decorrerá de 09 a 15 de junho, e haverá um foco em Portugal com a presença de vários realizadores e produtores, uma programação transversal de obras portuguesas, primeiras apresentações de obras nacionais e outras ainda em projeto, à procura de financiamento e coprodução, e ainda filmes em competição.

Deixe o seu comentário

  • Como avalia o artigo?
X