Junho 19, 2024
Destaques Portugal

Celorico de Basto recebe especialistas na Festa das Camélias 

Celorico de Basto aguarda a visita de centenas de especialistas em camélias, de vários países, na 19.ª edição da festa dedicada àquela flor que o concelho organiza de 15 a 17 de março, previu hoje a organização.

“Já há algumas centenas de especialistas que visitam o concelho durante o período da festa e ao longo do ano para visitar os nossos jardins históricos”, disse à Lusa o presidente da câmara.

José Peixoto Lima recorda que os grandes colecionadores de camélias aproveitam os grandes eventos, como o de Celorico de Basto, no distrito de Braga, para mostrarem aquilo que estão a fazer.

“Há um negócio muito grande em torno das camélias, porque é uma planta com muitas variedades. Eles querem mostrar aqui aquilo que têm para depois fazerem negócios”, explicou.

No dia em que foi apresentado o programa da edição deste ano da Festa Internacional das Camélias, o autarca considerou não haver no país um concelho com tantas camélias como Celorico de Basto, tanto em quantidade, como variedade.

“É isso que atrai os grandes colecionadores”, reforçou, destacando a importância que essa circunstância tem para o concelho minhoto, ao atrair cada vez mais turistas que ocupam a capacidade hoteleira do concelho e de municípios vizinhos, sobretudo da região de Basto e Amarante, ao longo de várias semanas.

“Nós temos, por tradição, muitos espanhóis que nos visitam durante a festa, mas no ano passado tivemos brasileiros, franceses e de outras nacionalidades. Este incremento de participação vai continuar”, prometeu, avançando que o concurso de camélias integrado no programa da festa tem tido, nos últimos anos, mais estrangeiros do que portugueses a participar.

Questionado sobre o que atrai tanta gente a Celorico de Basto, apesar de haver outros eventos similares no país e no norte de Espanha, José Peixoto Lima falou dos jardins históricos espalhados pelo concelho, alguns, precisou, com mais e 300 anos de existência, associados a solares românticos.

“O que diferencia os jardins de Celorico dos jardins da cidade do Porto é que aqui as camélias dominam completamente o jardim e foram formadas através de um processo topiário, ou seja, são podadas todos os anos para lhes conferirem formas artísticas, como colunas, casas de fresco e arcos. É essa realidade que temos no nosso concelho que não se encontra noutro local, com uma exuberância muito grande”.

Na edição deste ano, constarão os momentos habituais, nomeadamente concurso e mostra de camélias, o principal atrativo do certame, com centenas de arranjos de camélias, de diferentes tipos, para ver no Jardim do Prado, junto aos paços do concelho.

A batalha das flores, as visitas guiadas aos jardins temáticos, o mercado das camélias e os desfiles de moda e temático também contribuem para atrair dezenas de milhares de pessoas à localidade, ao longo dos três dias do evento.

Contudo, para este ano, anuncia-se uma participação maior da comunidade, através das coletividades e da decoração dos espaços públicos, alargada às freguesias, num ensaio, prometeu o edil, para a edição de 2025, que, por ser a 20.ª, vai ter um “significado especial”.

“O desfile era apenas organizado com a nossa comunidade educativa, mas desafiamos hoje as pessoas e as coletividades a fazê-lo. É isso que vai acontecer no programa deste ano e dos próximos anos, incluindo mais atividades por coletividade do concelho”, anotou o autarca.

FONTE: LUSA

Deixe o seu comentário

  • Como avalia o artigo?
X