Junho 19, 2024
Portugal

Feira de Artes, Ofícios e Sabores de Vimioso com 100 expositores

A Feira de Artes, Ofícios e Sabores regressa a Vimioso entre 08 e 10 de dezembro com 100 expositores, gastronomia, atividades ao ar livre e encontros cinegéticos, revelou hoje à Lusa o presidente da câmara.

“O que pretendemos fazer é que os nossos expositores que este ano são cerca de uma centena, na sua maior parte oriundos do nosso concelho, possam expor e vender os seus produtos que são de excelência de grande qualidade e contribuir para a economia do concelho”, disse Jorge Fidalgo.

O município integra nesta feira de sabores uma parceria com a Cooperativa Agropecuária Mirandesa, sedeada em Vimioso, “pela mais-valia que representa a carne mirandesa para toda a região do Planalto Mirandês e para o distrito de Bragança”.

“Teremos igualmente um festival dedicado à famosa posta à mirandesa, onde no recinto da feira estará um restaurante em permanência para dar a conhecer esta carne de qualidade, proveniente de uma raça autóctone com fortes raízes neste território nordestino”, disse.

Fonte: Agência Lusa

Um passeio todo-o-terreno ou em BTT, montarias ao javali ou uma saída de campo para a apanha de cogumelos, que envolvem algumas centenas de participantes, são algumas das atividades que darão a conhecer a paisagem deste concelho transmontano, integrado na Rede Natura 2000, inserido em plena Mesa Ibérica.

“Pretendemos proporcionar aos visitantes o maior número de atividades possíveis para os atrair para a descoberta das riquezas culturais, arquitetónicas e ambientais do concelho e que são muitas”, vincou o autarca social-democrata

A maioria dos expositores é oriunda de região transmontana onde o artesanato assume destaque, como os ancestrais “escrinhos” feitos de palha e cascas de silva oriundos da aldeia de Vilar Seco.

O artesanato em madeira, cobre, tecelagem, olaria, tanoaria, cutelaria ou couro, entre outros, são igualmente presença obrigatória.

Vindos da terra haverá vários produtos como a castanha (com um concurso de doçaria específico), feijão, frutos da época, queijos, mel, vinhos, azeite, fumeiro e outras iguarias.

Uma das particularidades da Feira de Artes, Ofícios e Sabores é que alguns artesãos locais vão trabalhar ao vivo, assumindo o certame nesta componente um papel educativo, mostrando artes e ofícios que, com o tempo, correm o risco de desaparecer.

O espaço de exposições vai ser animado por grupos locais de gaiteiros e também com a atuação dos Pauliteiros.

Nos grandes espetáculos musicais, o cabeça de cartaz será o popular Emanuel.

A Câmara de Vimioso investe cerca de 100 mil euros na organização do certame, e o autarca Jorge Fidalgo acredita que “o retorno será muito maior”.

FONTE: LUSA

Deixe o seu comentário

  • Como avalia o artigo?
X