Junho 19, 2024
Destaques Comunidades Cultura

Théâtre de la Ville em Paris celebra Abril

O Théâtre de la Ville, em Paris, vai celebrar os 50 anos da Revolução dos Cravos na programação deste mês, com destaque para uma exposição e uma noite com Maria Reis, África Negra e Tânia Carvalho & Joana Gama.

No âmbito da programação dedicada aos 50 anos do 25 de Abril de 1974, a sala parisiense recebe hoje o primeiro de dois concertos de António Zambujo e Yamandu Costa (repete na terça-feira), abrindo no dia 19 uma exposição, na Praça de Châtelet, intitulada “Portugal: 25 Abril 1974, enfim a liberdade!” e comissariada por Jean-François Chougnet com cenografia e ‘design’ gráfico de José Albergaria.

“Decorreram 50 anos após a queda da ditadura em Portugal. Trata-se de remomorar as esperanças que a Revolução dos Cravos suscitou, especialmente em França. Este processo que assistiu à queda da ditadura mais antiga da Europa Ocidental inscreve-se num contexto internacional em plena evolução: o ‘Movimento dos Capitães’, o 25 Abril de 1974, coincide exatamente com a campanha para as eleições presidenciais que viu a vitória de Valéry Giscard d’Estaing, em 19 de maio de 1974”, lê-se num texto de Chougnet.

O texto não detalha acerca da mostra gratuita que já esteve patente em Lyon e Bordéus.

Na noite do dia 25 de abril, o Théâtre de la Ville recebe Maria Reis, o grupo são-tomense África Negra e a dupla composta pela coreógrafa e cantora Tânia Carvalho e pela pianista Joana Gama.

O concerto pretende homenagear numa ocasião de “falar de juventude e de memória, de liberdades e de poesia, graças a concertos, debates, leituras e artes de todo o Portugal”.

Deixe o seu comentário

  • Como avalia o artigo?
X